A conspiração contra a Energia Solar em 1905: E se tivéssemos optado por uma alternativa aos Combustíveis Fósseis desde o início?”

Alternativa aos Combustíveis Fósseis

Um argumento frequentemente citado em defesa dos combustíveis fósseis é que eles representaram uma necessidade histórica devido à falta de alternativa aos combustíveis fósseis viáveis ao longo do século XX. No entanto, surge uma questão intrigante: e se uma alternativa viável à energia fóssil tivesse sido sabotada desde o início?

Essa é a história pouco conhecida do inventor canadense George Cove, um dos pioneiros no campo da energia renovável. Em 1905, Cove desenvolveu painéis solares domésticos notavelmente semelhantes aos que são instalados em residências hoje em dia, inclusive com uma bateria rudimentar para armazenar energia quando o sol não brilhava.

A empresa de Cove, a Sun Electric Generator Corporation, com um capital de 5 milhões de dólares americanos (equivalente a cerca de 160 milhões nos dias de hoje), atraiu considerável atenção da mídia em 1909. A revista Modern Electric destacou a capacidade do dispositivo de armazenar energia elétrica suficiente para iluminar uma casa por uma semana com apenas dois dias de sol. Essa inovação poderia libertar as pessoas da pobreza, fornecendo energia acessível para iluminação, aquecimento e muito mais.

No entanto, em 1909, um evento perturbador ocorreu: Cove foi sequestrado. Os sequestradores exigiram que ele renunciasse à sua patente solar e encerrasse sua empresa. Cove recusou, sendo posteriormente libertado. Isso levanta questões sobre quem poderia estar por trás desse sequestro, pois algumas fontes sugerem que um antigo investidor pode ter tido interesse nisso.

Esse incidente teve um impacto negativo no negócio de energia solar de Cove. O que é claro é que empresas ligadas aos combustíveis fósseis frequentemente usaram táticas pouco éticas para eliminar concorrentes. A energia solar representava uma ameaça, pois é uma tecnologia democrática e acessível a todos, ao contrário dos combustíveis fósseis.

Histórias de competição desleal no mundo dos negócios não são novidade. Por exemplo, a Standard Oil, liderada por John D. Rockefeller, exerceu tanta pressão sobre a concorrência que levou o governo a criar leis antitruste para combater monopólios.

De maneira semelhante, Thomas Edison tentou minar a tecnologia de seu rival Nikola Tesla, eletrocutando animais e até um humano para retratar a corrente alternada como perigosa, favorecendo sua própria tecnologia, a corrente contínua.

Após o incidente com Cove, o desenvolvimento comercial de energia solar diminuiu por décadas até ser retomado pela Bell Labs, nos Estados Unidos, que começou a explorar essa fonte de energia. Enquanto isso, os combustíveis fósseis continuaram a crescer com o apoio de políticas governamentais e investimentos públicos.

A “Lei de Wright”, que se aplica à maioria das energias renováveis, afirma que à medida que a produção aumenta, os custos diminuem devido a melhorias de processo e aprendizado. Se Cove tivesse tido sucesso e a energia solar competisse desde o início, ela poderia ter se tornado mais barata que o carvão já em 1997, em vez de 2017.

Essas reflexões nos levam a questionar se o domínio dos combustíveis fósseis sobre o mundo foi realmente inevitável e até que ponto podemos responsabilizá-los pelos danos causados ao meio ambiente. A história de Cove destaca a incerteza inerente à inovação energética e a importância de fazer escolhas conscientes em relação às tecnologias e fontes de energia que priorizamos. E se tivéssemos encontrado uma alternativa aos combustíveis fósseis?

Em 2023, temos a oportunidade de fazer escolhas melhores em relação às tecnologias e fontes de energia, para que não tenhamos que olhar para trás e nos questionar sobre o que poderíamos ter feito de forma diferente.

Veja mais Notícias

Conheça o Azume

Revolucione suas vendas de fotovoltaica

Conheça o software de gerenciamento mais completo do mercado

O melhor CRM para energia solar

Teste o Azume grátis por sete dias
Clique aqui

Torne-se um profissional em energia solar

Conheça os melhores cursos para se tornar um profissional desejado no setor fotovoltaico

Energia Solar Lucrativa

Aprenda do zero a como se tornar um integrador solar com ganhos de até R$23 mil / mês
Clique aqui

Compartilhe este Artigo:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Revolucione suas vendas de fotovoltaica

Conheça o software de gerenciamento mais completo do mercado

O melhor CRM para energia solar

Teste o Azume grátis por sete dias
Clique aqui

Latest post

Torne-se um profissional em energia solar

Conheça os melhores cursos para se tornar um profissional desejado no setor fotovoltaico

Energia Solar Lucrativa

Aprenda do zero a como se tornar um integrador solar com ganhos de até R$23 mil / mês
Clique aqui
plugins premium WordPress