Algoritmo pode gerenciar fontes de energia elétrica e aliviar o bolso do consumidor

energia elétrica

 Com as ondas de calor atuais, o alto consumo de energia elétrica tem afetado cada vez mais o bolso do consumidor brasileiro. Foi nesse viés, que Luís Fernando Moreira Machado, pesquisador da Universidade de São Paulo, desenvolveu um algoritmo inovador para aprimorar a eficiência no consumo de energia em sistemas de geração distribuída. 

O que o algoritmo faz, é coordenar e diferenciar as fontes de energia elétrica, incluindo geradores a diesel, a gás e as cargas de um sistema elétrico, visando uma gestão mais eficaz e sustentável. Ele leva em conta também as tarifas de energia e os valores financeiros dos custos dos combustíveis dos geradores.

Ele planeja e otimiza o uso das fontes de energia por meio de dados financeiros e informações sobre o consumo de energia atual: Se o preço da energia estiver alto e o preço do combustível do gerador estiver baixo, por exemplo, o algoritmo realiza essa análise financeira e aciona o gerador determinando a sua potência de operação.

Entretanto, o produto continua em um estágio de TRL (Nível de Maturidade Tecnológica) entre três e quatro. Ou seja, acabou de sair da pesquisa, mas ainda é necessário fazer provas de conceito para futuras prototipagens.

“Podemos fazer a analogia com um maestro que coordena e harmoniza os instrumentos de uma orquestra para que a mágica aconteça.” ~Luís Fernando Moreira Machado.

Veja mais Notícias

Conheça o Azume

Compartilhe esta notícia:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress