Aneel determina que distribuidoras de energia tomem medidas para amenizar impacto das tempestades

Aneel

Nesta quinta-feira (30/11), a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), determina que as distribuidoras devem adotar uma série de medidas para enfrentar os eventos climáticos severos, como as fortes chuvas que atingiram o país recentemente e deixaram milhares de casas sem luz. As ações foram discutidas numa reunião na sede da agência em Brasília, com representantes de distribuidoras de grande porte no país.

Em São Paulo por exemplo, uma forte chuva que caiu sobre várias cidades da região, inclusive sob a capital paulista, chegou a deixar alguns bairros sem fornecimento de energia por até 5 dias. O presidente da Enel, empresa responsável pelo abastecimento de energia da cidade, renunciou pouco tempo depois.

Em comunicado, a Aneel destacou como medida inicial “o aprimoramento das ferramentas de detecção de eventos climáticos extremos a partir do cruzamento das bases de dados com alertas meteorológicos”. As companhias deverão usar seus sistemas de previsão e alerta emitidos pelas Defesas Civis e por institutos de meteorologia para “definir o nível de severidade dos eventos climáticos previstos”.

O 2º passo seria criar um canal de comunicação direta entre municípios, Estados e Defesas Civis, para informarem umas às outras, as regiões que tiveram o serviço de energia interrompido e a previsão de restabelecimento.

Na reunião, também ficou estabelecida a criação de uma agenda de médio prazo para mitigar os efeitos das chuvas no fornecimento de energia, tais como: maior precisão na detecção de eventos climáticos de elevada severidade; aperfeiçoamento dos planos de prevenção e redução de danos; plano de ação de recomposição do serviço, com a comunicação dos consumidores, da Aneel e entes públicos no caso de corte do fornecimento.

Assim, fica claro que a transição energética para as energias renováveis com uso de baterias, poderia, na maioria dos casos, impedir que situações como essas ocorram, evitando que milhares de pessoas passem horas ou até mesmo dias sem a transmissão de energia elétrica. É claro, que a energia solar, por exemplo, também é inconstante e imprevisível atualmente, porém, com os contantes investimentos nas tecnologias para energias renováveis, sonhamos com recursos que minimizem as perdas energéticas e ampliem os benefícios desses sistemas.

Veja mais Notícias

Conheça o Azume

Compartilhe esta notícia:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress