Cidade-Girassol: Uma inovação em design urbano para maximizar a energia solar

Girassol

Cientistas desenvolveram um conceito revolucionário de design urbano chamado “cidade-girassol“, visando otimizar o aproveitamento da energia solar em áreas com baixa incidência de luz solar. Inspirado na disposição das sementes de girassol, esse novo modelo promete aumentar significativamente a captação de energia solar nos edifícios urbanos.

Liderado pelo Dr. Ammar A. T. Alkhalidi, da Universidade de Sharjah, o estudo revela que a estrutura proposta supera os modelos tradicionais de planejamento urbano, como os padrões de grade e radial, aumentando a exposição solar em telhados e fachadas em até 12%.

Publicado no periódico Renewable Energy Focus, o estudo envolveu a colaboração de acadêmicos do Iraque, Jordânia e Emirados Árabes Unidos. Ele descreve como a nova configuração urbana permite que a luz solar alcance mais uniformemente todos os edifícios, com Varsóvia servindo como exemplo de simulação devido às suas condições de baixa radiação solar.

A distribuição urbana proposta se assemelha à disposição das sementes de girassol, garantindo uma melhor utilização da energia solar, com resultados impressionantes que superam os modelos tradicionais em termos de áreas ensolaradas em telhados e fachadas.

Uma análise comparativa entre o padrão de girassol e os modelos convencionais destacou uma melhoria de 4% na exposição solar para telhados e 12% para fachadas. Essa distribuição alternada no padrão de girassol permite uma penetração solar mais uniforme, superando os arranjos urbanos tradicionais.

Além disso, o estudo propõe a otimização da localização das escadas nos edifícios para minimizar as sombras nos telhados, maximizando assim o potencial de geração de energia solar.

O Dr. Alkhalidi vê o padrão de girassol como um precursor de uma nova era no planejamento urbano, onde a eficiência energética e o uso de energias renováveis são integrados desde o início. Essa abordagem inaugura uma nova cultura no planejamento urbano, adotando técnicas de energia e eficiência energética desde a concepção das cidades.

Além de seus benefícios energéticos, o padrão de girassol também preserva a privacidade e o caráter das comunidades urbanas, sem a necessidade de lotes maiores, demonstrando seu potencial não apenas em termos de sustentabilidade energética, mas também na manutenção da qualidade de vida urbana.

Veja mais Notícias

Conheça o Azume

Compartilhe esta notícia:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress