Com ideia de Salvaro, Criciúma terá usina solar para geração de energia em todas as escolas municipais

Criciúma terá usina solar para geração de energia em todas as escolas municipais

A Prefeitura de Criciúma (SC) está atualmente desenvolvendo um projeto para implantar sistemas de Geração Distribuída em todas as escolas municipais, utilizando energia solar fotovoltaica. O objetivo é ter a usina solar instalada no Parque dos Imigrantes, no distrito do Rio Maina, até o final do ano.

Essa futura usina solar fotovoltaica, otimizada para atender às necessidades de todas as 63 escolas municipais, trará benefícios ambientais e econômicos, resultando em economia de energia.

“…Após a instalação, que deve ocorrer ainda neste ano, serão 36 meses para amortização, ou seja, teremos a redução do valor total do investimento. As contas de energia das escolas municipais serão zeradas e o investimento será pago. São gastos cerca de R$100 mil por mês com energia nas escolas municipais”, explica o secretário de Educação de Criciúma, Celito Cardoso,em entrevista ao Portal Engeplus. 

Conforme Cardoso, foi o prefeito Clésio Salvaro quem pensou no projeto e visou a melhoria nas escolas e na economia para o município.

Com a economia resultante do projeto, a administração municipal terá a oportunidade de investir ainda mais na área da educação. Cardoso destaca a importância de ter um prefeito visionário que possa ajudar tanto a cidade quanto a população por meio desse projeto. Faltam apenas 60 dias para a conclusão do projeto, após o qual a licitação para as placas solares terá início. O custo total ainda não está definido, de acordo com o gestor.

As placas solares serão instaladas em um hectare de terra pertencente ao Parque dos Imigrantes. O engenheiro eletricista, Leandro Gonçalves Costa, esclarece que não haverá modificação na rede elétrica das escolas. O excesso de energia gerada pela usina fotovoltaica será injetado na rede da concessionária local, gerando um crédito que será compensado nas faturas de energia elétrica das escolas. Portanto, não haverá alterações físicas nas instalações existentes.c

Compartilhe esta notícia:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inscreva-se para receber novidades e promoções

© 2023 · E4 Energias Renovaveis© – CNPJ 41.142.800/0001-24 / Azume Tecnologia LTDA - CNPJ 49.305.545/0001-03 - Todos os direitos reservados
plugins premium WordPress