Como vender energia solar? É possível?

como vender energia solar

Normalmente toda a produção de energia solar residencial ou de uma empresa é “vendida” para a empresa de distribuição em troca de créditos. Esses créditos são abatidos à medida em que se utiliza a energia fornecida por ela em momentos em que não existe a produção de energia solar, como em dias de chuva e durante a noite, por exemplo. Mas se você quer saber como vender energia solar para outras fontes fica comigo neste artigo que eu vou te contar tudo. 

Como funcionam os créditos

Se você utiliza um sistema solar fotovoltaico On Grid, significa que o seu sistema está ligado ao sistema de distribuição de energia. Assim, toda a energia que é produzida em excesso é injetada na rede elétrica e “vendida” para a distribuidora, gerando créditos que serão abatidos em sua conta ao utilizar energia da rede elétrica em momentos que não tiver sol.

Os sistemas Off Grid não entram nessa conta, porque eles não são ligados à rede elétrica, e toda a energia produzida em excesso é armazenada em baterias para utilização posterior, em momentos que não tiver luz solar para converter em energia.

Sistemas fotovoltaicos residenciais e empresariais

Sistemas de energia solar fotovoltaicos de pequena escala, instalados em casas e empresas para geração de energia em pequena escala, muitas vezes o suficiente para abastecer o próprio consumo, não podem ser vendidas. 

A forma de receber por essa energia gerada, caso seja produzida em excesso, é através dos créditos, que informamos anteriormente. Esses créditos por sua vez também não podem ser vendidos ou utilizados por vizinhos ou nenhuma outra pessoa que não seja o próprio utilizador da rede. Caso você tenha dois imóveis na mesma área de cobertura da rede elétrica (que recebem energia da mesma concessionária), poderá sim utilizar o crédito gerado em um dos imóveis para abater valores da conta de energia do segundo imóvel.

Assim, se você tem um sistema fotovoltaico em sua casa, infelizmente não terá como vender energia solar para terceiros. 

Usinas de energia solar

usina solar

Ao contrário dos sistemas fotovoltaicos comuns, as usinas ou fazendas de energia solar são construídas para produção em massa de energia. O seu objetivo é único e exclusivamente comercial, para venda da energia gerada. O investimento para construção de uma Usina de energia solar é milhares de vezes superior ao de um sistema residencial simples. 

Para esse tipo de produção de energia solar é sim possível realizar um cadastro junto a CCEE (Câmara de comercialização de energia elétrica) para realizar a venda de toda a energia gerada. Essa energia pode ser vendida através do mercado livre de energia, onde o consumidor pode escolher entre diferentes fornecedores de energia (desde que que disponíveis na sua região). 

Mercados de comercialização de energia

No Brasil existem dois grandes tipos de mercado de energia. O ACL (Ambiente de contratação livre) e o ACR (Ambiente de contratação regulada). 

O ACR é o mercado mais comum a que todos nós estamos acostumados. É onde o consumidor “compra” a energia diretamente das concessionárias de distribuição da sua região e realiza o pagamento através de faturas de consumo mensais. Nessas faturas são incluídas despesas de distribuição e geração de energia. A grande desvantagem desse tipo de mercado é que as tarifas são reguladas pelo Governo, não cabendo nenhum tipo de negociação entre produtor, fornecedor e consumidor. 

Já no ACL o consumidor é livre para “comprar” sua energia de diferentes fornecedores. Isso é feito através de contratos onde os valores são definidos, assim como o volume de energia a ser fornecida e o prazo. A grande vantagem deste modelo é que você pode negociar os valores, e o fornecimento diretamente com os fornecedores. 

Cooperativas de energia solar

Uma opção para pessoas que não podem instalar sistemas de energia solar fotovoltaicos, como por exemplo pessoas que moram em apartamentos, é a criação de uma cooperativa. 

Chamada de cooperativa de geração distribuída, nela é possível realizar a distribuição dos créditos gerados pelo sistema fotovoltaico em percentuais entre as pessoas que integram a cooperativa.

Assim, a cooperativa nada mais é que um grupo de pessoas que se reúnem para produzir a própria energia utilizando sistemas de energia solar. Uma cooperativa pode ter até 20 consumidores pessoas físicas. 

Conclusão

Como você deve ter percebido, se você possui um sistema de energia solar fotovoltaico em sua casa ou empresa e pensa em “vender” a energia que está produzindo em excesso para outras pessoas, isso não será possível. Você receberá por isso créditos para utilização de energia que vem da distribuidora. Esses créditos têm validade de até 60 meses. 

Mas se você pensa em investir em uma usina ou fazenda de energia solar, saiba que sim, é possível e indicado que você regularize todo o seu sistema para poder realizar a venda de toda a energia produzida junto ao mercado livre de energia.
Se você quiser aprender a atuar neste mercado fazendo a venda e instalações de sistemas fotovoltaicos para esses consumidores, confira nosso curso completo de Energia Solar Lucrativa e faça parte do setor fotovoltaico hoje mesmo!

Revolucione suas vendas de fotovoltaica

Conheça o software de gerenciamento mais completo do mercado

O melhor CRM para energia solar

Teste o Azume grátis por sete dias
Clique aqui

Torne-se um profissional em energia solar

Conheça os melhores cursos para se tornar um profissional desejado no setor fotovoltaico

Energia Solar Lucrativa

Aprenda do zero a como se tornar um integrador solar com ganhos de até R$23 mil / mês
Clique aqui

Compartilhe este Artigo:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Revolucione suas vendas de fotovoltaica

Conheça o software de gerenciamento mais completo do mercado

O melhor CRM para energia solar

Teste o Azume grátis por sete dias
Clique aqui

Latest post

Torne-se um profissional em energia solar

Conheça os melhores cursos para se tornar um profissional desejado no setor fotovoltaico

Energia Solar Lucrativa

Aprenda do zero a como se tornar um integrador solar com ganhos de até R$23 mil / mês
Clique aqui
plugins premium WordPress