Nova roupa movida a energia solar pode regular a temperatura corporal

energia solar

Pesquisadores da University of British Columbia apresentaram uma tecnologia de roupas termorreguladoras bidirecionais alimentado por energia solar. O estudo foi liderado pela cientista Ziyuan Wang e apresentado pela revista Science.

A inovação combina uma célula solar flexível com um dispositivo eletrocalórico bidirecional, resultando em um mecanismo único e flexível que pode se integrar a roupas convencionais. Esse dispositivo autossuficiente se alimenta de luz solar, eliminando a necessidade de fontes de energia externas.

A nova roupa é promissora e tem o potencial de transformar a maneira como os seres humanos gerenciam a temperatura corporal.

Um marco significativo para locais adversos com drásticas variações de temperatura, o novo sistema é capaz de responder rapidamente a mudanças complexas e rápidas nas condições ambientais.

Durante dias quentes, o dispositivo é capaz de fornecer resfriamento à pele, enquanto no escuro ou à noite mantém o corpo mais quente do que a pele nua. Isso resulta em uma temperatura da pele humana dentro de uma zona de conforto térmico, mesmo em ambientes onde as temperaturas ambientais variam de 12,5 °C a 37,6 °C.

Os pesquisadores destacam que o dispositivo pode proporcionar 24 horas de termorregulação controlável com apenas 12 horas de entrada de energia solar. Além disso, a energia adicional coletada pelo dispositivo poderia servir para alimentar dispositivos eletrônicos em condições especiais.

Inovações como essa se tornam ainda mais importantes com o aquecimento do planeta e as ondas de calor, cada vez mais frequentes.

Veja mais Notícias

Conheça o Azume

Compartilhe esta notícia:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress