Os 5 aparelhos que mais gastam energia na sua casa

Aparelhos que mais gastam energia

Uma preocupação muito comum nas casas brasileiras é a conta de luz. Seja pelo custo elevado da energia no Brasil ou por questões de sustentabilidade, estamos sempre em busca de eletrodomésticos e eletrônicos que façam mais consumindo menos energia. Mas quais serão os maiores vilões da conta de luz. Aparelhos que mais gastam energia?

Neste post você vai conferir:

Como identificar o consumo de cada eletrodoméstico

Antes mesmo de comprar um eletrodoméstico, uma boa prática é conferir seu consumo de energia para garantir que o produto é eficiente. Para isso, você pode seguir alguns passos:

Verifique a etiqueta de energia

A maioria dos eletrodomésticos possui uma etiqueta de energia que fornece informações sobre o consumo de energia. O nome dessa etiqueta é ENCE, ou Etiqueta Nacional de Conservação de Energia. Procure pela ENCE na embalagem ou no próprio aparelho. Ela geralmente contém dados como a potência em watts (W) ou quilowatts (kW) e o consumo anual de energia em kilowatt-hora (kWh), além de classificar o produto como mais ou menos eficiente dentro da sua categoria.

Utilize um medidor de energia

Nem todo eletrodoméstico ou eletrônico vem com a ENCE, mas existem outras formas de descobrir o consumo energético de um aparelho. Um medidor de energia, também conhecido como wattímetro, é um dispositivo que pode ser conectado entre a tomada e o aparelho para medir o consumo de energia. Basta inserir o plugue do medidor na tomada e, em seguida, conectar o plugue do eletrodoméstico ao medidor. O medidor exibirá informações como a potência atual, consumo de energia acumulado e o custo estimado de energia.

Calcule o consumo diário

Seja com os dados da ENCE ou os valores que você encontrou usando o medidor, agora você pode calcular o consumo diário de energia do eletrodoméstico. Sabendo a potência do eletrodoméstico, podemos calcular o consumo de energia multiplicando a potência pelo tempo de uso. Por exemplo, se um aparelho tem uma potência de 100 watts e é usado por 5 horas por dia, o consumo diário será de:

100 watts X 5 horas = 500 watt-hora (Wh) ou 0,5 kilowatt-hora (kWh)

Para transformar Wh em kWh é só dividir o valor de watt-hora por 1000.

Fatores adicionais

Além do consumo de energia dos eletrodomésticos, outros fatores podem influenciar o consumo geral de energia em uma casa, como a eficiência energética do aparelho, o tempo de uso diário, o modo de operação (por exemplo, potência máxima ou economia de energia) e o número de aparelhos em uso simultaneamente.

Lembre-se de que essas são apenas estimativas e que os valores reais podem variar dependendo de diversos fatores. É sempre recomendável consultar as especificações fornecidas pelos fabricantes ou utilizar equipamentos adequados para medição precisa do consumo de energia.

Os aparelhos que mais consomem energia em uma residência

A conta de energia no Brasil vem sofrendo grandes reajustes nos últimos tempos, de 2015 até 2022 o valor da tarifa quase triplicou! Isso tem gerado aumento nas contas de energia em todas as regiões do país. Muitas pessoas como você tem tentado entender quais são os vilões da conta de energia e o que gasta mais energia em suas casas ou empresas.

Além disso, a busca por fontes de energia sustentáveis vem crescendo não apenas pela preocupação com as mudanças climáticas, mas principalmente em busca de economia a longo prazo em suas contas de energia elétrica. 

Nesse artigo vou te mostrar não apenas quais são os aparelhos que mais consomem energia ai na sua casa e como economizar, mas também te apresentar a uma fonte de energia que com certeza você já ouviu falar, mas talvez ainda não tenha pensado direito sobre utilizá-la, mas que pode gerar uma grande economia para você.

Os vilões da energia elétrica

Quando paramos para pensar “o que gasta mais energia na minha casa?”, temos que levar em consideração dois pontos cruciais para esse cálculo. O primeiro é a potência daquele aparelho, quanto mais potente mais energia ele irá consumir, isso porque eles convertem mais rapidamente a energia em trabalho. 

O segundo ponto é o tempo de utilização. Ou seja, você pode ter um aparelho de potência alta, mas que você utiliza pouquíssimas vezes e um que tem baixa potência, mas que você utiliza todos os dias por várias horas. Assim, provavelmente esse segundo irá consumir mais energia que o primeiro ao final do mês. 

Nesse sentido, a lista que vamos apresentar aqui como sendo os que gastam mais energia são aqueles que em média comparando estes dois pontos consomem mais energia ao final do mês na maioria das residências. O ideal é que você veja o cenário da sua casa e consiga entender na sua realidade, qual aparelho mais consome energia. 

Ar condicionado

O primeiro item da nossa lista não poderia ser outro. O ar condicionado é um aparelho de grande potência e que, além disso, principalmente em tempos de calor ficam ligados por várias horas diárias. O que o torna o TOP 1 de qualquer lista sobre consumo de energia. Isso porque analisando as duas variáveis que citamos (potência e tempo de utilização) ele alcança uma pontuação alta nas duas.

Chuveiro elétrico

Em segundo na nossa lista sobre o que gasta mais energia vamos deixar o chuveiro elétrico. Isso porque ele é um aparelho de alta potência, e que é utilizado também todos os dias, não tanto quanto o ar condicionado, mas que se mal utilizado com um tempo desnecessário, ele com certeza irá ser um dos maiores vilões da sua conta de energia. 

Geladeira / Refrigerador

consumo de energia

O terceiro item da nossa lista, não entra nela por ter um aparelho de grande potência, mas sim pelo seu tempo de utilização. Sendo um aparelho que ficará ligado 24 horas por dia, todos os dias do mês. Nesse caso, não existe muito o que possa ser feito para reduzir o consumo, a não ser o básico de não deixar as portas abertas, não deixar exposta diretamente a luz do sol ou próximo a fontes de calor como fogão e forno. É interessante se atentar para a borracha de vedação do aparelho que precisa estar 100% operacional, caso contrário a geladeira vai consumir mais energia para ficar constantemente gelando o interior enquanto a falta de vedação permite que o calor externo faça o trabalho contrário.

Lavadora de louças

O quarto item da lista é um aparelho que não está presente na maioria das residências, mas para aqueles que possuem deve-se tomar bastante cuidado com o seu consumo de energia, pois trata-se de um equipamento de alta potência. Uma boa dica é utilizar toda a sua capacidade para lavar o máximo de louças de uma só vez.

Televisão

O último aparelho que vou listar aqui talvez te assuste, mas a televisão a cores é um aparelho que não tem muita potência, porém na maioria das casas ela é utilizada de forma exagerada ou incorreta. O que gera um alto consumo de energia, tornando-a uma das vilãs da conta de energia.

Deixar a televisão ligada sem ninguém estar assistindo ou deixá-la ligada na tomada quando desligada são dois dos grandes erros que podem levar ao aumento da sua conta de energia. 

Orientações

No entanto, quando sobre o que gasta mais energia em nossas residências, é preciso pensar que na maioria das vezes quem controla isso é você mesmo. Utilizar os aparelhos de forma correta e econômica é crucial para reduzir o consumo de energia e por consequência a sua conta de energia. 

Nem é preciso falar, mas itens como: Lâmpadas, microondas, aspirador de pó, secador de cabelo, computador, notebook, carregador de celulares, entre outros que não citamos na lista podem ser os vilões e aqueles que mais gastam energia na sua casa se você não os utilizar da forma correta. 

Não deixar nenhum aparelho ou cabo ligado a energia sem utilização é a dica mais básica e eficiente que posso te dar. Além disso, tente utilizar filtro de linha em todos os aparelhos eletrônicos, assim você pode cortar a energia sem precisar retirar da tomada. Até mesmo o carregador de celular sem estar carregando nenhum aparelho, mas plugado na tomada tem consumo de energia.

Energia Solar

Se mesmo depois de tudo que eu te mostrei você ainda acha difícil reduzir o seu consumo e o valor da sua conta de energia, tenho uma solução pra você. Com certeza você já ouviu falar e conhece os sistemas de energia solar fotovoltaica. Mas o que você talvez não saiba é que nos dias de hoje eles se tornaram extremamente acessíveis para a grande maioria da população. 

O primeiro fator para isso é que o valor dos equipamentos reduziu com o aumento da produção, segundo que a eficiência dos sistemas fotovoltaicos evoluiu muito nos últimos anos, aumentando a capacidade de geração de energia e consequentemente da sua economia.

Instituições financeiras têm buscado oferecer financiamentos cada vez mais acessíveis e o governo tem investido em subsídios para o setor em busca de crescimento. 

Se você ainda tem o pé atrás quanto a energia solar por algum motivo, seja pela lei 14.300 por exemplo, que ficou conhecida como taxação do sol, eu recomendo que leia o nosso artigo sobre isso. Você vai entender que isso não atrapalhou ou fez o sistema de energia solar fotovoltaica se tornar algo inviável. Muito pelo contrário, ela veio para regulamentar o setor e trazer segurança para todos, muitas vezes até diminuindo o tempo de retorno do investimento em um sistema fotovoltaico!

A energia solar segue sendo um dos melhores investimentos  a longo prazo que existe. Sendo bem mais vantajoso que aplicação em CDB por exemplo.

rendimentos - energia solar

Conclusão

Ao longo deste artigo você conseguiu entender como funciona o consumo de energia da sua casa. Além de conhecer o que gasta mais energia dentre os aparelhos que você utiliza. É importante entender que quem controla o que mais gasta energia é você, assim sendo deve-se tomar cuidado para utilizar os aparelhos com cuidado e evitando desperdícios. 

Além disso, é importante se atentar às dicas sobre como reduzir o seu consumo de energia para que você consiga realmente alcançar uma economia real de energia e dinheiro com a conta no final do mês. Para finalizar você também conheceu mais sobre a energia solar e todos os seus benefícios. Isso com certeza vai te gerar uma economia real e sem preocupações com a conta no final do mês. 

Afinal, a luz solar é uma fonte de energia sustentável, renovável e inesgotável que pode ser utilizada sem moderações.

Revolucione suas vendas de fotovoltaica

Conheça o software de gerenciamento mais completo do mercado

O melhor CRM para energia solar

Teste o Azume grátis por sete dias
Clique aqui

Torne-se um profissional em energia solar

Conheça os melhores cursos para se tornar um profissional desejado no setor fotovoltaico

Energia Solar Lucrativa

Aprenda do zero a como se tornar um integrador solar com ganhos de até R$23 mil / mês
Clique aqui

Compartilhe este Artigo:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Revolucione suas vendas de fotovoltaica

Conheça o software de gerenciamento mais completo do mercado

O melhor CRM para energia solar

Teste o Azume grátis por sete dias
Clique aqui

Latest post

Torne-se um profissional em energia solar

Conheça os melhores cursos para se tornar um profissional desejado no setor fotovoltaico

Energia Solar Lucrativa

Aprenda do zero a como se tornar um integrador solar com ganhos de até R$23 mil / mês
Clique aqui
plugins premium WordPress