Tudo que você precisa saber sobre demanda contratada

Demanda contratada

Demanda contratada é um conceito fundamental quando falamos em fornecimento de energia elétrica. Nesse sentido, compreender o que ela quer dizer é essencial para qualquer empresa que deseje gerenciar de forma eficaz seus custos de energia. 

Você vai entender agora, detalhes sobre a importância da demanda contratada, como ela funciona e estratégias para reduzir os custos associados.

O que é a demanda contratada?

A demanda contratada, também conhecida como demanda de potência, refere-se à quantidade de potência que uma empresa ou consumidor concorda em comprar da rede elétrica em um determinado período de tempo. Essa quantidade é expressa em kW (quilowatts) e é um elemento fundamental em um contrato de fornecimento de energia elétrica. 

A demanda contratada é diferente do consumo de energia, que se refere à quantidade total de eletricidade efetivamente consumida. Assim, a demanda contratada é definida com base no histórico de consumo de eletricidade e a escolha desse valor é uma decisão crítica, pois irá influenciar diretamente os custos de energia.

Como funciona?

A demanda contratada deve ser integralmente paga pelo consumidor, conforme foi estipulado em contrato, seja ela utilizada integralmente ou não. Vale salientar que nem todos os consumidores possuem demanda contratada, se você é um consumidor residencial por exemplo, não terá que se preocupar com isso.

Agora, se você possui uma empresa com consumo elevado de energia, provavelmente possui um item em sua fatura de energia elétrica chamado “demanda”. Apenas consumidores do Grupo A precisam contratar demanda.

Importância de se ter uma demanda contratada precisa

Uma das razões pelas quais a demanda contratada é tão crucial é que ela evita cobranças excessivas. Se a sua empresa, por exemplo, define sua demanda muito alta, pagará por uma capacidade que não utiliza.

Por outro lado, se a demanda contratada for muito baixa, sua empresa poderá receber custos a mais por excedente de capacidade contratada ou interrupção do fornecimento. Por isso, definir um nível preciso de demanda é essencial para evitar custos desnecessários.

Estratégia para reduzir custos

Agora que você já entende melhor o que é e a importância da demanda contratada, é hora de explorar estratégias para reduzir os custos associados a ela.

Gerenciamento de demanda

Uma das maneiras mais eficazes de reduzir os custos associados a demanda é implementar um sistema de gerenciamento eficaz. Isso envolve otimização do uso de eletricidade de modo a não ultrapassar a demanda contratada

Existem várias estratégias que podem ser adotadas para fazer esse gerenciamento:

  • Horários de Pico: Identificar os horários de pico de consumo e programar atividades intensivas em energia fora desses horários;
  • Tecnologias eficientes: Investir em tecnologias eficientes em termos de energia, como iluminação LED, sistemas de climatização de alta eficiência e geração de energia fotovoltaica;
  • Monitoramento em tempo real: Implementar sistemas de monitoramento em tempo real para acompanhar o consumo de energia e tomar medidas imediatas para reduzir o uso.
  • Educação dos seus funcionários: Conscientizar os funcionários sobre a importância do uso eficiente de energia e incentivá-los a adotar práticas responsáveis.

O gerenciamento da demanda não apenas ajuda a evitar custos desnecessários, mas também contribui para a sustentabilidade e a responsabilidade ambiental.

Negociação de contratos

Outra estratégia eficaz para reduzir os custos de energia é a negociação de contratos. A renegociação de contratos de energia pode resultar em tarifas mais favoráveis, o que, por sua vez, leva a economias substanciais ao longo do tempo.

  • Avaliação de mercado: Fique atento sobre as tendências do mercado de energia, incluindo flutuações nos preços e mudanças nas regulamentações;
  • Compare ofertas: Analise as ofertas de vários fornecedores de energia e esteja disposto a negociar com base em preços, termos e condições;
  • Flexibilidade: Tente obter contratos mais flexíveis que permitam ajustar sua demanda contratada de acordo com as necessidades sazonais de sua empresa;
  • Duração do contrato: Avalie a duração do contrato e a possibilidade de renegociação a curto e longo prazo.

Demanda contratada e instalação de sistema fotovoltaico

A demanda contratada de um consumidor é de suma importância para se projetar e instalar sistemas fotovoltaicos. Assim como ela depende da carga instalada no local, é vantajoso que um sistema instalado tenha potência superior à de demanda contratada. No caso de instalações de sistemas fotovoltaicos para consumidores do grupo A (que precisam ter uma demanda contratada), este é um fator determinante para todo o dimensionamento ser o mais vantajoso possível para o consumidor e proporcionar o máximo de economia possível.


Se você quiser entender como ler e interpretar toda a fatura de energia de um consumidor do grupo A, fator determinante para o dimensionamento de sistemas fotovoltaicos para esses consumidores, confira em detalhes no nosso [EBOOK]

Nesse sentido, também temos um artigo bem completo onde ensinamos a calcular a demanda contratada necessária para a sua empresa. Assim, você poderá ter uma ideia de quanto precisará contratar para que não ultrapasse o limite e pague multa.

Conclusão:

A demanda contratada desempenha um papel importante na gestão de custos de energia para sua empresa. Uma compreensão aprofundada da sua importância e funcionamento é essencial para evitar custos excessivos e garantir operações mais assertivas.

Dessa forma, adotando estratégias de gerenciamento de demanda, sua empresa pode reduzir significativamente seus custos de eletricidade. Portanto, é crucial revisar seus contratos de energia e adotar medidas proativas para gerenciá-la de maneira eficaz.

Ela também é essencial para o dimensionamento de qualquer sistema fotovoltaico que seja instalado pelo consumidor Grupo A. Dessa forma é um dos fatores essenciais para os integradores que buscam instalações maiores e mais lucrativas trabalhando com esses clientes consumidores em alta tensão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress