A partir de quantos kwh compensa energia solar e como calcular

a partir de quantos kwh compensa energia solar

Optar pela energia solar em sua casa ou empresa vai além de simplesmente contabilizar kilowatts-hora (kWh) específicos. A decisão envolve múltiplos fatores, desde o custo inicial da instalação até as condições climáticas locais, as taxas de energia elétrica vigentes, e os benefícios fiscais e subsídios disponíveis. A questão então não é apenas sobre a partir de quantos kwh compensa energia solar.

Contudo, para muitos, a análise do retorno sobre o investimento é decisiva. Em linhas gerais, quanto mais alto o consumo de eletricidade e as taxas associadas, mais rápida será a compensação financeira da instalação solar, ou como chamamos no setor: payback.

A partir de quantos kwh compensa energia solar

Não há uma quantidade fixa de kWh que determine a viabilidade de adotar a energia solar. Independentemente do consumo, a instalação de um sistema solar fotovoltaico sempre vai gerar economia na conta de energia. O essencial é calcular o tempo necessário para recuperar o investimento.

Como calcular esse valor? Uma maneira simples de descobrir quantos kWh seriam necessários para justificar o investimento em energia solar é dividir o custo total de instalação pelo custo médio por kWh de eletricidade que você paga. Esse cálculo mostrará quantos kWh você precisa produzir para que a instalação se pague ao longo do tempo.

Como calcular

Por exemplo, se a instalação custa R$15.000 e a tarifa média de eletricidade é R$0,18 por kWh, então R$15.000 / R$0,18 = 83.333 kWh. Isso significa que você precisará gerar aproximadamente 83.333 kWh para equilibrar o investimento inicial.

Entretanto, é importante considerar que os custos de instalação e as tarifas elétricas variam bastante conforme a região, o tamanho do sistema solar e as opções de financiamento. Por isso, recomenda-se a consulta a um especialista em energia solar para um estudo mais detalhado e adaptado. Pode usar também a nossa calculadora solar online.

Quais são os benefícios de investir em energia solar

Investir em energia solar traz inúmeras vantagens, tanto econômicas quanto ambientais. Veja algumas delas:

Valorização do imóvel

imóveis equipados com sistemas solares tendem a ter um valor de mercado superior e são mais atraentes para compradores interessados nos benefícios econômicos da tecnologia.

Redução na conta de luz

Com um sistema solar instalado, é possível reduzir até 90% dos custos com energia, dependendo do porte do sistema e do consumo. Além disso, a energia solar serve como proteção contra futuros aumentos tarifários.

Sustentabilidade

A energia solar é uma fonte limpa e renovável, livre de emissões poluentes e sem impacto nas mudanças climáticas. Adotar essa tecnologia significa reduzir a dependência de combustíveis fósseis e diminuir a pegada de carbono.

Retorno rápido do investimento

O retorno sobre o investimento em energia solar é rápido e garantido pela economia na conta de luz. Com a evolução tecnológica e o barateamento dos paineis solares, o payback pode ser alcançado em um período de 4 a 5 anos.

A Tecnologia

A tecnologia fotovoltaica, que utiliza células de silício, permite a conversão direta da luz do sol em eletricidade, operando através de semicondutores.

LEIA MAIS: Quanto kWh gera uma placa solar de 550W e como calcular

Vantagens da Energia Solar para o Usuário e o Meio Ambiente

As instalações fotovoltaicas oferecem uma redução considerável nos gastos com energia, especialmente após atingir a marca de 75 kWh/mês, momento em que se observa uma economia substancial.

Esta fonte energética também reduz a dependência em relação às flutuações de preço e disponibilidade de energia convencional.

Além disso, o sistema fotovoltaico representa uma das formas mais sustentáveis de produção de energia, pois não emite gases poluentes durante sua operação e auxilia na conservação de recursos naturais não renováveis.

Análise da Viabilidade Econômica

A rentabilidade da energia solar relaciona-se diretamente com o consumo energético do usuário e a geração de créditos. É essencial analisar o consumo médio e comparar com o investimento inicial para calcular o retorno financeiro ao longo do tempo.

Eficiência da Energia Solar a Partir de Qual Consumo?

Para determinar o ponto de equilíbrio no uso da energia solar, deve-se calcular o consumo médio mensal do local, usando como base as contas de luz anteriores.

A necessidade energética influencia diretamente no tamanho do sistema fotovoltaico requerido, e a irradiação solar local é um fator decisivo na quantidade de energia produzida pelos paineis.

Sistema de Créditos e Compensação de Energia

O sistema de compensação é vital para compreender a economia proporcionada pela energia solar. A energia que sobra, não utilizada, é enviada para a rede elétrica e transformada em créditos energéticos.

Esses créditos podem compensar o consumo em períodos de baixa produção solar ou em diferentes unidades consumidoras, desde que estejam registradas sob o mesmo nome e dentro da área de serviço da distribuidora.

LEIA MAIS: Como transferir energia solar para outra residência

Investimento Inicial e Economia na Conta de Luz

Investir em energia solar envolve custos iniciais com painéis, inversor, estrutura de suporte e instalação. Uma avaliação do retorno sobre o investimento deve considerar esses custos frente à economia gerada nas contas de luz ao longo dos anos.

Normalmente, com um consumo mensal a partir de 300 kWh, a energia solar se torna uma alternativa econômica viável, embora esse valor possa variar conforme as tarifas locais e outras condições específicas.

Instalação e Manutenção

Entender quando a energia solar se torna vantajosa é importante, bem como reconhecer os custos de manutenção. Para uma instalação eficaz, é necessário considerar a localização e orientação dos painéis solares para maximizar a exposição ao sol durante todo o ano.

No Brasil, é ideal que os painéis estejam voltados para o Norte e ajustados conforme a latitude local. Painéis mal posicionados ou instalados em áreas sombreadas podem gerar menos energia do que o necessário para serem lucrativos.

Manutenções preventivas e inspeções regulares, como a limpeza dos painéis, são essenciais para manter o sistema eficiente e prolongar sua vida útil.

A contratação de profissionais para inspeções técnicas é recomendável para garantir a segurança e o desempenho adequado do investimento em energia solar.

Pensando nisso, o Grupo E4 oferece cursos para formação de profissionais qualificados para o setor de energia solar. Se você ainda não faz parte desse mercado em franca expansão, te convido a conhecer melhor o curso Energia Solar Lucrativa, onde você pode aprender do absoluto zero a como se tornar um integrador solar de sucesso. Clique no banner abaixo e saiba mais:

Curso de energia solar lucrativa

Revolucione suas vendas de fotovoltaica

Conheça o software de gerenciamento mais completo do mercado

O melhor CRM para energia solar

Teste o Azume grátis por sete dias
Clique aqui

Torne-se um profissional em energia solar

Conheça os melhores cursos para se tornar um profissional desejado no setor fotovoltaico

Energia Solar Lucrativa

Aprenda do zero a como se tornar um integrador solar com ganhos de até R$23 mil / mês
Clique aqui

Compartilhe este Artigo:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Revolucione suas vendas de fotovoltaica

Conheça o software de gerenciamento mais completo do mercado

O melhor CRM para energia solar

Teste o Azume grátis por sete dias
Clique aqui

Latest post

Torne-se um profissional em energia solar

Conheça os melhores cursos para se tornar um profissional desejado no setor fotovoltaico

Energia Solar Lucrativa

Aprenda do zero a como se tornar um integrador solar com ganhos de até R$23 mil / mês
Clique aqui
plugins premium WordPress