Brasil prepara leilão de Reserva de Energia com inclusão de Baterias

baterias

O Brasil está se preparando para um próximo leilão de reserva de capacidade de energia, previsto para agosto, e desta vez, com uma novidade empolgante: a inclusão de baterias capazes de armazenar e distribuir eletricidade. O objetivo é acompanhar a demanda crescente por energia e fortalecer o Sistema Interligado Nacional (SIN).

Com o aumento da participação de fontes renováveis intermitentes, como solar e eólica, tornou-se essencial adaptar o sistema para lidar com a variação na geração de energia. As baterias representam uma solução promissora, permitindo o armazenamento da eletricidade gerada para uso posterior, o que reduz o desperdício e melhora a previsibilidade.

Especialistas destacam que o avanço tecnológico tem tornado as baterias mais acessíveis e eficientes, oferecendo uma resposta imediata às necessidades do sistema elétrico nacional. Além disso, o uso de baterias pode ajudar a evitar transtornos em caso de interrupções nas transmissões de energia.

Para as associações do setor de armazenamento de energia, a inclusão das baterias no leilão representa um passo significativo para a transição energética do Brasil, demonstrando o compromisso do país com tecnologias inovadoras e sustentáveis.

Embora reconheçam os benefícios, alguns analistas sugerem que o leilão deveria ser dividido, com uma parte exclusiva para a aquisição de baterias. Essa abordagem garantiria um foco específico nas necessidades do setor e proporcionaria mais segurança durante o processo de transição para novas tecnologias.

Veja mais Notícias

Conheça o Azume

Compartilhe esta notícia:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress