Como transferir energia solar para outra residência: Autoconsumo remoto

como transferir energia solar para outra residência

O autoconsumo remoto permite instalar seu próprio sistema de energia solar em um imóvel ou até mesmo em um terreno. Dessa forma os créditos gerados podem ser utilizados para abater no valor da conta de outro imóvel que esteja na mesma zona da concessionária e com registro do mesmo CPF ou CNPJ. Essa é a forma possível de como transferir energia solar para outra residência, através dos crédito gerados

Como funciona o Autoconsumo remoto para quem não possui consumo local

Em casos em que a geração acontece em unidades que não tem consumo (como em lotes por exemplo) toda a geração de energia produzida nela será compartilhada com outras unidades consumidoras que estejam no mesmo CNPJ ou CPF da unidade geradora.

Mas vale lembrar que mesmo a unidade geradora tendo pouco consumo ou nenhum, essa unidade deve pagar a taxa de disponibilidade já que terá um medidor instalado.  

Como funciona o Autoconsumo remoto para quem possui consumo local

Neste tipo de situação onde as usinas são instaladas em locais como: casas, fazenda, chácaras ou lojas comerciais e consomem a energia durante a geração, apenas os excedentes que entrarem na rede serão compartilhados com outras unidades consumidoras com o mesmo CPF ou CNPJ da fatura onde esteja ocorrendo a geração. 

Regras de como transferir energia solar para outra residência

Existem algumas exigências para que você consiga transferir energia solar para outra residência, ou neste caso, os créditos da energia gerada.

  • As unidades consumidoras precisam ser registradas no mesmo CPF ou CNPJ cadastrados na tarifa de energia.
  • As duas unidades consumidoras precisam estar na mesma área de concessão da concessionária. 

O local onde será feita a produção de energia fotovoltaica pode ser uma casa, loja, indústria e até mesmo um lote sem nenhuma edificação, mas com medidor de energia instalado. 

Observação importante

Para entender bem como transferir energia solar para outra residência ou os créditos gerados, veja algumas observações importantes. Uma empresa, ou seja, um CNPJ não pode transferir para um CPF e vice-versa.  Nesse sentido, um CNPJ só pode transferir os créditos para uma outra empresa com a titularidade da conta de energia com o mesmo CNPJ e o mesmo vale para o CPF.

Como produzir créditos

A compensação por créditos ocorre quando um sistema gerador de energia fotovoltaica produz mais energia do que utiliza. A energia excedente então é injetada na rede da concessionária gerando créditos que podem ser usados para abater em em outros períodos em que o sistema gerar menos energia que a utilização, ou para transferir energia solar para outra residência (neste caso, os créditos). 

Conclusão

Agora que você já sabe como transferir energia solar para outra residência ou empresa, pode começar a planejar a instalação do seu sistema solar fotovoltaico.

Atualmente a energia solar é um dos melhores investimentos do mercado. Sendo um investimento com vida útil de aproximadamente 25 anos e que com um payback de 3 a 4 anos, dependendo da incidência solar na sua região e do valor da sua conta de energia ou da sua empresa. 

É importante saber também que estes créditos gerados pelo seu sistema de energia solar fotovoltaico tem uma duração de 6 anos. Ou seja, todo o crédito gerado pode ser consumido pelo prazo de 6 anos sem que sejam perdidos. 

Revolucione suas vendas de fotovoltaica

Conheça o software de gerenciamento mais completo do mercado

O melhor CRM para energia solar

Teste o Azume grátis por sete dias
Clique aqui

Torne-se um profissional em energia solar

Conheça os melhores cursos para se tornar um profissional desejado no setor fotovoltaico

Energia Solar Lucrativa

Aprenda do zero a como se tornar um integrador solar com ganhos de até R$23 mil / mês
Clique aqui

Compartilhe este Artigo:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

Respostas de 4

  1. Entendi que possa transferir o credito gerado pelas minhas placas solares para uma outra residencia cuja conta esta com meu CPF também.
    A opedora no meu caso é a Enel em São Paulo.
    Como faço na prática?
    Basta que as residências estejam com o mesmo CPF para que o credito seja transferido ?
    Ou preciso formalizar este pedido junto a Enel ?
    Como fazer?
    Obrigado

    1. Olá Derly, tudo bem com você?

      Em caso de transferência de crédito, é realizado um cadastro na concessionária. No seu caso é a Enel e após esse cadastro é encaminhado automaticamente.

      O processo é simples, você pode procurar o profissional que homologou sua usina para fazer esse cadastro no sistema e isso tudo é feito pela internet. Ou se caso não tenha mais o contato do integrador, você como titular deve ir presencialmente na agência de atendimentos ao cliente da Enel munido dos documentos pessoais e comprovante de residências dos locais que você está querendo mandar os créditos.

      Vale lembrar que os locais que irão receber e enviar os créditos tem que estar na mesma titularidade (CNPJ ou CPF ) e ainda tem que estar dentro da mesma área de concessão da distribuidora.

      Observação: os créditos gerados antes do cadastro não podem ser enviados.

  2. Rudimar Vilela… Tudo bem?

    O processo funciona da seguinte forma… Os dados de geração são acumulados durante o mês e no período de faturamento da conta da unidade geradora, há o encontro dos dados como a energia consumida e a energia excedente injetada na rede que é aferida pelo medidor. E desde balanço será enviado os créditos para outro imóvel somente o que sobrou, ou seja, vai ser enviado depois de suprir a necessidade da unidade geradora. Em resumo, não fica mais caro para unidade geradora, porque está ocorrendo a simultaneidade , esse consumo durante a geração é o ideal para que não ocorra a cobrança do fio B, caso a usina não GD1. Obrigado.. por compartilhar sua dúvida.

  3. Sim entendi, mas gostaria de saber se quando eu mando a energia gerada da unidade geradora pra outro imóvel, como fica a unidade geradora, ela só tem energia durante o dia, a noite tem que consumir da rede? Mas é aí a conta da unidade geradora não será mais cara, pois só utiliza da energia gerada durante o dia?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Revolucione suas vendas de fotovoltaica

Conheça o software de gerenciamento mais completo do mercado

O melhor CRM para energia solar

Teste o Azume grátis por sete dias
Clique aqui

Latest post

Torne-se um profissional em energia solar

Conheça os melhores cursos para se tornar um profissional desejado no setor fotovoltaico

Energia Solar Lucrativa

Aprenda do zero a como se tornar um integrador solar com ganhos de até R$23 mil / mês
Clique aqui
plugins premium WordPress