Japão planeja enviar satélite para transmitir energia solar “wireless” para a Terra em 2025

Japão

O Japão está planejando uma inovação revolucionária na área de energia solar. Em 2025, o país pretende lançar um satélite na órbita baixa da Terra que funcionará como uma mini usina de energia solar. A proposta é transmitir essa energia sem fio para o nosso planeta.

Com cerca de 180 kg, o satélite transmitirá aproximadamente 1 quilowatt de potência a partir de uma altitude de 400 km. Essa novidade foi apresentada durante a Conferência Internacional sobre Energia do Espaço em Londres, Reino Unido.

A tecnologia utiliza painéis solares no espaço, onde recebem exposição solar contínua. Isso permite que os painéis operem 24 horas por dia, ao contrário das usinas solares na Terra, que ficam inativas durante a noite.

Os painéis captam a luz do Sol e a convertem em feixes de micro-ondas, que são transmitidos para uma estação receptora na Terra. Lá, a energia recebida é convertida em eletricidade.

Embora essa tecnologia não seja nova, no ano passado, pesquisadores do Instituto de Tecnologia da Califórnia conseguiram pela primeira vez transmitir energia solar do espaço para a Terra sem o uso de fios. O sistema Maple (Microwave Array for Power-transfer Low-orbit Experiment) direcionou micro-ondas do espaço para um receptor em Pasadena.

Além disso, a empresa chinesa LONGi Green Energy lançou um projeto para instalar painéis solares no espaço, visando testar sua capacidade de gerar energia para a Terra. Isso poderia ser uma solução para a crescente escassez de energia na China, que enfrentou apagões e cortes na produção devido a uma crise no setor.

Veja mais Notícias

Conheça o Azume

Compartilhe esta notícia:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress