Ministro de Energia diz que tarifa de Itaipu proposta pelo Paraguai “Não seria razoável”

Itaipu

O ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, expressou preocupação quanto à proposta do Paraguai de estabelecer uma tarifa de US$ 22 por quilowatt (kW) para a energia da usina de Itaipu Binacional, afirmando que tal valor “não seria razoável para o Brasil“.

Em declarações à imprensa em Brasília, Silveira destacou que o Brasil busca soluções definitivas e equilibradas para o impasse tarifário, dentro do contexto da negociação do Anexo C do Tratado de Itaipu, que regula as condições de fornecimento de energia e outras disposições financeiras da empresa. Ele enfatizou que a decisão do governo brasileiro é evitar aumentos na conta de luz no país.

O ministro planeja viajar ao Paraguai para discutir a questão, levando propostas que visam encontrar uma solução estruturante e equitativa para ambas as partes, incluindo a busca pela autonomia energética do Paraguai e a separação dos recursos do setor elétrico dos investimentos sociais.

Silveira expressou o desejo de concluir as negociações em seis ou sete meses, com encaminhamento da questão aos respectivos congressos de cada país. A busca por um entendimento mútuo visa evitar a repetição de tensões anuais nas negociações, visando uma transição gradual e eficaz para resolver os desafios presentes.

Veja mais Notícias

Conheça o Azume

Compartilhe esta notícia:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress