Estudo promete levar energia renovável à regiões isoladas, com a ajuda de algoritmo

ufpa

A Universidade Federal do Pará (UFPA), em parceria com a concessionária Norte Energia, está desenvolvendo uma tecnologia que tem como objetivo levar energia renovável a locais isolados do Brasil, contribuindo para a descarbonização da Amazônia.

O estudo aborda uma gestão energética para um sistema fotovoltaico híbrido. Isso envolve a utilização de armazenamento de energia por meio de baterias e bancos de supercapacitores, aplicados a uma microrrede. Essa microrrede é uma rede local de distribuição e consumo de energia, operando de maneira autônoma e independente do sistema de distribuição da empresa de serviços públicos. 

Essa estratégia visa garantir a continuidade do fornecimento de energia local e está sendo testada para beneficiar 4 milhões de brasileiros que hoje não têm acesso à energia elétrica, e que, consequentemente, também não têm a oportunidade de usufruir da comunicação, melhoria da produção agroextrativista e da educação de qualidade. 

Segundo o coordenador do projeto, Thiago Mota Soares, o ponto inovador do sistema é um algoritmo desenvolvido para gerenciar um conversor eletrônico que fará o armazenamento e despacho da energia. 

“Também estamos desenvolvendo um software para fazer a gestão do processo de geração de energia, armazenamento e despacho para a rede elétrica, ao mesmo tempo em que irá gerar, em tempo real, dados da medição das operações e projeção de cenários. Assim, o software atuará como um simulador para evitar a possibilidade de falhas no sistema”, explica o pesquisador.

Compartilhe esta notícia:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress